PERÍODO HISTÓRICO
 
Teatros da Praça Tiradentes e arredores
 

(tema inspirado no livro Arquitetura do Espetáculo - teatros e cinemas na formação da Praça Tiradentes e da Cinelândia, de Evelyn Furquim Werneck Lima, resultado da tese de doutoramento da autora defendida no Instituto de Filosofia e de Ciências Sociais da UFRJ, editado pela Editora UFRJ em 2000.)

Em O Globo/Segundo Caderno/Gente Boa, de Joaquim Ferreira dos Santos,  em 01 de outubro de 2008, duas notícias sobre a vida cultural na praça e arredores: "Duas praças e dois destinos (muito) diferentes: duas praças do Centro, separadas por apenas 50 metros, e dois destinos diferentes. O Largo Albino Pinheiro, ao lado do Teatro João Caetano, fez festa anteontem para marcar a adoção do lugar pelo Centro Cultural Carioca (CCC). A inauguração, com "Cidade Maravilhosa" ao som da Banda de Ipanema, teve espetáculo de dança. "Queremos manter o largo em condições de uso para a população", dizia Isnard Manso, do CCC. Enquanto isso, o Instituto de Filosofia e Ciências Sociais exibia os pilares recém-instalados para sustentar uma grade que vai cercar toda a parte da frente do prédio histórico, no Largo de São Francisco. Comerciantes da área protestam e tentam se organizar para adotar o Largo".

 
 
Teatros do Teatros da Praça Tiradentes e arredores
Real Theatro de São João (1813) Theatrinho (1823)
Theatro do Plácido (1824) Theatrinho Constitucional (1824)
Theatro Constitucional Fluminense (1831) Theatro São Francisco de Paula (1832)
Theatro São Pedro de Alcântara (1839) Theatro São Francisco (1846)
Theatro Tivoly (1847) Theatro São Pedro de Alcântara (1852)
Theatro Provisório (1852) Lyrico Fluminense (1854)
Theatro Gymnasio Dramatico (1855) Theatro São Pedro de Alcântara (1857)
Pavilhão do Paraizo (1858) Theatro São Luiz (1870)
Theatro Casino Franco-Brésilien (1872) Theatro Vaudeville (1874)
Theatro Variétés (1877) Theatro Variedades (1878)
Theatro Brazilian Garden (1879) Theatro Sant"Anna (1880)
Theatro Lucinda (1880) Theatro Recreio Drammatico (1880)
Theatro Príncipe Imperial (1881) Theatro Novidades (1882)
Theatro Lucinda (1884) Theatro Apollo (1886)
Theatro Eden Fluminense (1886) Theatro Recreio Fluminense (1887)
Theatro Variedades Dramáticas (1888) Café-Cantante Moulin Rouge (1900)
Theatro High-Life (1900) Theatro São José (1903)
Theatro Maison Moderne (1903) Theatro Carlos Gomes (1905)
Theatro da Natureza (1916) Theatro São Pedro de Alcântara (1916)
Theatro Vitória (1918) Cine-Theatro Iris (1922)
Teatro João Caetano (1923) Cine-Theatro Ideal (1926)
Cine-Theatro São José (1926) Teatro João Caetano (1930)
Theatro Carlos Gomes (1932) Theatro Recreio (1933)
Teatro Carlos Gomes (1950) Teatro Carlos Gomes (1961)
Teatro João Caetano (1965) Teatro João Caetano (1979)
 
 
 
 
 

Ir para o topo Voltar